Aprendizagem Profissional

Desde sua criação, o Senac tem o compromisso de oferecer Programas de Aprendizagem Profissional Comercial destinados a jovens na faixa dos 14 aos 24 anos de idade*, encaminhados pelas empresas do Setor do Comércio de Bens, Serviços e Turismo. Atuação que foi reforçada com a aprovação da lei do Jovem Aprendiz em 2000 e sua regulamentação em 2005.

O Programa de Aprendizagem do Senac contempla um conjunto de ocupações, propiciando aos aprendizes competências voltadas à profissionalização e à cidadania, a partir da compreensão das características do mundo do trabalho e de seus fundamentos técnico-científicos.

A jornada de trabalho do jovem aprendiz compreende tanto as horas destinadas à formação educacional – cumpridas nas unidades educacionais do Senac – como a prática profissional – desenvolvida diretamente na empresa contratante.

Ao fazerem parte desse programa, os empregadores, além de cumprirem a legislação como contratantes de aprendizes, assumem papel de parceiros da ação educativa, atuando no processo de inserção dos jovens brasileiros.

O que é Aprendizagem Profissional Comercial? | Senac MS

Faça Parte do Programa

Empresa

  • Faça parte do programa de aprendizagem!
  • A empresa que participa do programa, além de cumprir com o seu papel de contratante do aprendiz na Legislação da Aprendizagem 10.097/00, é convidada a compartilhar experiências como parceiro do Senac, e também fazer parte do processo de transformação desse jovem, através das oportunidades de trabalho

Jovem

  • Conquiste seu espaço no mundo do trabalho!
  • Para participar do programa você deve ter idade entre 14 e 24 anos e estar frequentando o ensino regular, caso não tenha concluído o ensino médio. Você precisa procurar por uma empresa que esteja contratando jovens aprendizes. Várias empresas disponibilizam vagas para aprendizes; procure em jornais e na internet.

 

Documentos para inscrição

Empresa

  • Contrato de aprendizagem – uma via para o Senac; 
  • Cópia da Guia GFIP (será solicitada quando a empresa não estiver cadastrada no Sistema de Acordos e Empresas Contribuintes); 
  • Cronograma para o Rodízio de Funções ou Atividades. 

Jovem

  • Cópia do Documento de Identidade (RG); 
  • Cópia da Declaração original de matrícula no ensino fundamental ou médio, especificando o horário das aulas ou cópia autenticada do Histórico Escolar de Conclusão do Ensino Médio; 
  • CPF (apenas original); 
  • Comprovante de residência (apenas original). 

 

Saiba mais

O Manual da Aprendizagem do Ministério do Trabalho e Emprego apresenta as cláusulas que devem conter no contrato de aprendizagem, assim como as hipóteses para seu encerramento.

Clique aqui para acessar.